Indústria é setor que mais gerou empregos em SC no 1º semestre de 2019 - Serkat Contabilidade & Consultoria
 



NOTÍCIAS NOTÍCIAS
Veja também:

Governador assina decreto que desburocratiza alvarás para empresas
Novas alíquotas de contribuição à Previdência valem em março de 2020
MP do Contribuinte Legal: negociação de dívidas junto à União
Previdenciária - Reforma Previdenciária – Aspectos relevantes –Emenda Constitucional nº 103/2019.
Medida Provisória permite negociação de débitos entre contribuintes e a União
Bolsonaro assina MP de incentivo à regularização de dívidas com a União
Receita Federal notifica devedores do Simples Nacional
Empresas do Simples Nacional devem regularizar pendências de tributos municipais
Refis Municipal: dívidas atrasadas podem ser pagas até dia 15 dezembro.
Aprovada MP da Liberdade Econômica, sem regras de trabalho aos domingos

Veja Mais +

Indústria é setor que mais gerou empregos em SC no 1º semestre de 2019


A indústria é o setor que mais contribuiu para a criação de vagas com carteira assinada no primeiro semestre de 2019 no estado. A atividade foi responsável por 60% dos postos de trabalho formais gerados nos primeiros seis meses do ano. No total, Santa Catarina abriu quase 50 mil novas vagas de empregos formais no período.
O desempenho do estado é o terceiro melhor do país, atrás de São Paulo, como 151.722 vagas, e Minas Gerais, com 88.238. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Indústria

A indústria abriu pouco mais de 29 mil novos postos de trabalho nos primeiros seis meses do ano no estado.
“Como Santa Catarina tem uma força industrial muito presente, é o estado que tem o maior percentual de trabalhadores na indústria de todo o Brasil, o retorno da produção industrial aqui de Santa Catarina faz com que a economia como um todo tenha indicadores positivos”, afirmou o economista Henrique Reichert.
As indústrias têxtil e alimentícia foram as que mais contrataram: 7.242 e 5.123 novas vagas, respectivamente.
“Na industria a gente depende muito dos investimentos. Como no início do ano a gente teve um retorno da confiança dos industriais, os investimentos retornaram e a produção tem aumentado. Até porque Santa Catarina tem uma inserção no comércio internacional que faz com que ela dependa menos da renda interna do Brasil”, continuou o economista.
A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Sustentável (SDE) disse que programas do estado para incentivar o empreendedor também ajudam a fortalecer a economia. Para o segundo semestre, o governo aposta em mais uma medida para continuar gerando renda e mais emprego.
“Dentro das politicas publicas da SDE juntamente com a Junta Comercial tem o ‘SC Bem Mais Simples’, que é a abertura de empresa em até cinco dias. Toda a sua operação já está em andamento e acredito que ate o final do ano o ‘SC Bem Mais Simples’ vai estar em 100% no estado”, afirmou o secretário, Lucas Esmeraldino (PSL).
Para o economista, a expectativa para os próximos meses segue positiva. “Comparando com os dados do ano passado, a gente teve em vários indicadores, tanto na produção industrial, nas vendas e também no saldo de empregos, todos os elementos que estão indicando um ano mais favorável. A confiança do industrial catarinense se mantém aquecida, a gente espera que isso se reverta ainda em crescimento neste segundo semestre”, declarou.
Fonte: G1

 

 




Redes Sociais

Serkat
Rua Rui Barbosa, N. 149
Centro - Lages - SC
Fone/Fax: (49) 3222 1826
contato@serkat.com.br

Procon
Estúdio Sul