Serkat | Receita abre nesta sexta-feira consulta ao lote residual de restituição do IRPF
 



NOTÍCIAS NOTÍCIAS
Veja também:

Como tirar alvará de funcionamento
Melhores práticas de gestão financeira que todo empreendedor precisa conhecer
Entenda de forma simples como apurar lucro de um negócio
Abra sua empresa sem preocupações
Margem de contribuição: entenda o que ela representa no seu negócio
Como ser estratégico na escolha da localização do seu negócio
Senado discute reabertura de programa que refinancia dívidas com a União
4 Ps do Marketing: entenda o que são e como podem ajudar na sua estratégia
Previsão de vendas: entenda o que é e as vantagens de aplicar no seu negócio
5 cargos em finanças que estão em alta em 2021

Veja Mais +

Receita abre nesta sexta-feira consulta ao lote residual de restituição do IRPF
Data da publicação: 23/10/2020


A Receita Federal abre nesta sexta-feira (23/10), às 10h, a consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). O crédito bancário para 273.545 contribuintes será realizado no dia 30 de outubro, totalizando R$ 560 milhões.

Do total, R$ 211.773.065,86 referem-se ao quantitativo de contribuintes com prioridade legal, ou seja, idosos acima de 80 anos, que contabilizam 5.110; pessoas entre os 60 e 79 anos, no total de 38.301; contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave, 4.636; e contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério, 21.244. Além destes, 204.254 contribuintes não prioritários foram contemplados, pois entregaram a declaração até o dia 5 de outubro.

Sandra Batista, perita contábil e tributária, explica que o Imposto de Renda “funciona com uma lógica de declaração de ajuste, como o próprio nome diz, ou seja, uma prestação de contas no qual o contribuinte tem a possibilidade de informar aquilo que ele teve de receita, informar o que teve de retenção de IR ou que tenha feito pagamento espontâneo por meio da via, inserindo as dedutíveis permitidas por lei, como plano de saúde e educação. Nesse fechamento de contas, o resultado foi que, no ano, o contribuinte pagou a mais que o devido ou a menos? Se ele pagou a menos precisa complementar, se pagou a mais, ele recebe a restituição”, esclarece.

Como fazer?

Para saber se a declaração foi liberada, o contribuinte deve acessar o site da Receita Federal e consultar o Portal e-CAC. No Menu “Imposto de Renda” é possível descobrir se há inconsistências de dados identificados pelo processamento, e, caso isso ocorra, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização por meio de entrega de declaração retificadora.

A Receita também disponibiliza aplicativos para smartphones e tablets, no qual é possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal as informações sobre a liberação da restituição do IRPF e, também, a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

Em casos de a restituição ter sido liberada, mas o valor não ser creditado, o contribuinte deve contactar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento, por meio do telefone 4004-0001, no caso de capitais; ou 0800-729-0001, nas demais localidades. O número exclusivo para deficientes auditivos é o 0800-729-0088. Através dos telefones é possível agendar o crédito em conta corrente ou poupança, no nome do contribuinte, em qualquer banco. O portal do Banco do Brasil também faz agendamento, através do site: https://www.bb.com.br/irpf.

A restituição fica disponível durante um ano e caso o contribuinte não faça o resgate nesse prazo, deverá requerer, por meio do Portal e-CAC, no serviço Menu “Imposto de Renda”, a opção “Solicitar Restituição não Resgatada na Rede Bancária”.

 

Fonte: Portal Contábil SC

 

Comentários





Redes Sociais

Serkat
Rua Rui Barbosa, N. 149
Centro - Lages - SC
Fone/Fax: (49) 3222 1826
contato@serkat.com.br

Procon
Serkat Site Seguro Google
Estúdio Sul