Serkat | SC deixa de recolher ICMS antecipado de produtos farmacêuticos, de higiene e de beleza
 



NOTÍCIAS NOTÍCIAS
Veja também:

Como tirar alvará de funcionamento
Melhores práticas de gestão financeira que todo empreendedor precisa conhecer
Entenda de forma simples como apurar lucro de um negócio
Abra sua empresa sem preocupações
Margem de contribuição: entenda o que ela representa no seu negócio
Como ser estratégico na escolha da localização do seu negócio
Senado discute reabertura de programa que refinancia dívidas com a União
4 Ps do Marketing: entenda o que são e como podem ajudar na sua estratégia
Previsão de vendas: entenda o que é e as vantagens de aplicar no seu negócio
5 cargos em finanças que estão em alta em 2021

Veja Mais +

SC deixa de recolher ICMS antecipado de produtos farmacêuticos, de higiene e de beleza
Data da publicação: 17/12/2020


O governo do Estado de Santa Catarina deu sequência ao processo de desoneração da cadeia produtiva com a revogação de cobrança de ICMS por substituição tributária dos produtos farmacêuticos, medicamentos, higiene e beleza e bebidas quentes. A medida passa a valer a partir de 1º de janeiro de 2021. No modelo substituição tributária, o recolhimento de tributos é antecipado, realizado no início da cadeia produtiva.

O secretário da Fazenda Paulo Eli reconhece que o regime de substituição tributária onera a indústria: 

— O setor era prejudicado pelos custos elevados em antecipar o imposto.

Segundo ele, o varejo catarinense é preponderantemente composto por grandes redes e lojas formais, que emitem notas fiscais em todas as operações, portanto não justifica a cobrança antecipada, pois o imposto é recolhido nas vendas pelos check outs.

Sem a aplicação do regime de substituição tributária, a cobrança do ICMS é feita após a venda ao consumidor final. A Fazenda também diz que há muitas ações judiciais relativas a ST. Eli diz que a decisão do Supremo Tribunal Federal é de que se a base de cálculo presumida do imposto for superior ao preço final efetivamente praticado, deve haver restituição ao contribuinte.

Em 2019 foram contemplados com a desoneração os segmentos de materiais de construção e elétricos, lâmpadas, reatores, tintas, vernizes e similares, artigos de papelaria e eletroeletrônicos, além dos vinhos e espumantes. Já em 2020, foram revogadas as cobranças de ST do setor de autopeças de das rações “tipo pet” para animais domésticos.

 

Fonte: Portal Contábil SC

 

Comentários





Redes Sociais

Serkat
Rua Rui Barbosa, N. 149
Centro - Lages - SC
Fone/Fax: (49) 3222 1826
contato@serkat.com.br

Procon
Serkat Site Seguro Google
Estúdio Sul